Torne os gestores um canal de comunicação interno efetivo!

Um dos principais problemas hoje, inclusive citado na pesquisa da ComScore sobre tendências em Comunicação Interna para 2017, é justamente a dificuldade de engajar os gestores à nova gestão mais orgânica. Existe todo um legado cultural em como se executar um trabalho, principalmente em relação à gestão de equipes.

Ter um time de alto desempenho ainda está atrelado em ter uma equipe com uma entrega de resultados progressivamente alta, enquanto o ideal era ter colaboradores cada vez mais capacitados, engajados e entendendo seu papel estratégico dentro da empresa. A busca incansável pelo resultado perfeito a todo custo leva à desmotivação e à queda de produção, enquanto que a jornada por um time que execute suas atividades cada vez melhor, compromissado em melhorar a sua própria experiência dentro da empresa e a do cliente que consumirá o produto da empresa.

Para que isso aconteça, a Comunicação Interna deve ser bem feita e chegar da melhor forma até os colaboradores, e a melhor aposta para um canal bastante efetivo é o próprio gestor, que pode complementar as informações que chegam à equipe. Preparar os gestores nesse sentido é um dos maiores desafios, mas não impossível. Torná-los um tipo de “envangelizadores” das estratégias da organização, ao invés do “cobrador” de resultados é a tendência mais do que necessária para que as mpresas consigam migrar para um modelo de gestão orgânica.

Uma Comunicação falha pode gerar conflitos em relação à estratégia da empresa, causando atrasos, retrabalhos e um clima organizacional ruim. Trabalhar a comunicação administrativa de maneira adequada também é uma forma de gerenciar conflitos. Para entender como a comunicação administrativa está e como deve ser é preciso empatia, entender necessidades, se por no lugar de cada pessoa na equipe. Não dá para usar um planejamento generalista.

A Comunicação tem que conversar com os colaboradores, deixar a mensagem clara, e o gestor é um dos canais mais importantes para isso acontecer. No entanto, ele deve ser o primeiro a ser impactado pela mensagem, afinal o entendimento dele será percebido pelo grupo. O engajamento do gestor em relação à mensagem determina para a equipe a relevância do que se está passando. Para o bem ou para o mal, o gestor é um evangelizador da estratégia e da filosofia da organização. Saber prepará-lo é fundamental.

O gestor comprometido contagia a equipe em relação à Comunicação Administrativa, ajudando no posicionamento dos colaboradores em relação ao planejamento estratégico, se tornando um poderoso e efetivo canal de comunicação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.